Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Antigo dirigente do PSD deixa partido em rutura com Rio

luís barra

“Autoritarismo”, “trapalhadas” e “condescendência” de Rio para com Costa ditam nova saída do PSD: Luís Cirilo, antigo secretário-geral adjunto de Durão Barroso, deixa o partido em divergência com o líder. “Não perdoaria a mim próprio se nele permanecesse mais um minuto que fosse”, escreveu no Facebook

Luís Cirilo, ex-deputado e antigo secretário-geral adjunto do PSD (2000-2002), decidiu entregar o cartão de militante e deixar o partido, em divergência com as “trapalhadas” de Rui Rio e “o posicionamento autoritário perante militantes que se exprimem em liberdade”.

Num texto publicado na sua página pessoal de Facebook, Cirilo, um dos operacionais que garantiu a vitória de Luís Filipe Menezes contra Marques Mendes, em 2007, explica que não podia compactuar mais com “a condescendência deste perante o governo, a estratégia que vem sendo seguida que leva à subalternização ao PS, o confundir propostas do PSD com as da esquerda radical, o posicionamento autoritário perante militantes que se exprimem em Liberdade, as trapalhadas das várias posições em volta da substituição da PGR entre outras atitudes que julgava impossíveis de acontecerem”.

Militante desde 1975, ano em que se juntou à JSD, Luís Cirilo assume que sai com “tristeza, mas de consciência tranquila”. “Não lamento nem por um minuto os 43 anos que passei no PSD onde vivi momentos fantásticos, conheci pessoas extraordinárias e fiz imensas amizades. Mas depois de concluir que tinha chegado o tempo de sair não perdoaria a mim próprio se nele permanecesse mais um minuto que fosse”, escreve o antigo dirigente do Vitória de Guimarães. O Expresso tentou contactar Luís Cirilo, mas não obteve resposta até ao momento.

A saída de Luís Cirilo acontece dias depois de também António Martins da Cruz, também ele um menezista, ter anunciado a decisão de se desfiliar do PSD. “Não tenho paciência para pacóvios suburbanos”, justificou o embaixador e antigo ministro ao Expresso.