Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Empresa municipal oferece mais 40% a altos quadros da Câmara de Lisboa

antónio pedro ferreira

Autarquia reforça poderes da entidade que passa a executar as obras novas na cidade. Vereador Manuel Salgado reforça poderes

Os trabalhadores do município de Lisboa que transitem para a unidade da autarquia que terá nas mãos as novas obras e empreitadas na cidade — a Sociedade de Reabilitação Urbana (SRU), já existente mas agora dotada de novos poderes — terão um acréscimo salarial que em alguns casos chega a 40% da sua remuneração atual.

Uma das formas de aumento da remuneração dos funcionários da Câmara que passem para a SRU será a concessão do “regime de isenção de horário de trabalho”, prática que já era seguida na SRU “desde há vários anos”, ressalva o porta-voz do gabinete de Fernando Medina. “O valor não é fixo, sendo negociado individualmente”, acrescenta.

Até ao momento, transitaram da autarquia para a SRU seis funcionários, tendo a sociedade já contratado mais cinco pessoas. Uma fonte ouvida pelo Expresso, contabiliza pelo menos em “uma dúzia” (fundamentalmente arquitetos e engenheiros civis) os casos de funcionários já desafiados a ingressar na SRU. “A sensação que temos na Câmara é que estão a ser convidados os quadros de confiança pessoal do vereador Manuel Salgado e dos seus colaboradores próximos”, acrescenta. Salgado acumulará o cargo no executivo camarário com a presidência da SRU.

Para continuar a ler, clique AQUI