Siga-nos

Perfil

Expresso

A Beleza das Pequenas Coisas

Nuno Lopes: “Há atores do Instagram que trabalham para serem famosos mas não são artistas. Prefiro trabalhar com os outros”

Ele é um dos nossos melhores atores, de uma versatilidade e verdade fora de série, o que o tem levado a distinguir-se no cinema, no teatro, na televisão. A fazer-nos rir, chorar ou, por vezes, engolir em seco com ficções próximas da realidade. O prémio que Nuno Lopes recebeu há dois anos no Festival de Cinema de Veneza, pela sua representação de um boxeur cobrador de dívidas — um santo a arder no inferno, em “São Jorge”, de Marco Martins, foi mais um aplauso internacional a confirmar isso mesmo. Agora regressa ao humor na série televisiva “Sara”, na RTP2. Uma sátira criada por Bruno Nogueira e realizada por Marco Martins, onde representa um ator de novelas e do Instagram, inspirado em famosos da nossa praça. Para ouvir neste episódio do podcast “A Beleza das Pequenas Coisas”

Bernardo Mendonça

Bernardo Mendonça

Entrevista

Jornalista

João Santos Duarte

João Santos Duarte

Edição multimédia

Jornalista

Mário Henriques

Ilustração

Assinar no iTunes: http://apple.co/2mCAbq2
Assinar no Soundcloud: http://bit.ly/2nMRpRL
Se usar Android, basta pesquisar A Beleza das Pequenas Coisas na sua aplicação.

Nesta conversa o ator Nuno Lopes fala das cicatrizes emocionais que implicam representar tantas personagens com personalidades e vidas distintas da sua e de como a música o liberta: “Ser ator desgasta-me muito emocionalmente. Se não tivesse o escape de ser DJ seria difícil continuar a ser ator..."

E ainda nos conta como nunca se deslumbrou com a fama ou com as perspectivas de vir a ser um ator internacional. “Gosto mais de representar na minha língua. Recordo que pelo facto de ter sido uma 'shooting star' em Berlim por causa do filme 'Alice' [de Marco Martins] na altura houve uma diretora de casting que falou de mim ao canal [americano] ABC. E eles disseram-me que tinham trabalho para mim, mas que seria sempre o estrangeiro, o jardineiro mexicano de séries como 'Donas de Casa Desesperadas'. E eu não estava interessado em ser isso.” E as revelações de Nuno não ficaram por aqui. É ouvir.

Ainda neste episódio, como já é hábito, pode conhecer perto do final mais um testemunho da rubrica "Toda a Gente Tem Uma História". Desta vez quem nos conta é o Bruno — um rapaz de Lisboa, como ele prefere apresentar-se. Aqui conta-nos a história de um espelho e de como esse espelho refletiu as suas dores emocionais e como, às tantas, o fez sentir-se mais inteiro.

E desta vez vão poder escutar uma das melhores vozes masculinas da televisão, o jornalista e pivot da SIC Bento Rodrigues, que aqui interpreta de forma certeira as palavras de Bruno. Imperdível.

Este é um convite que lançamos semanalmente aos ouvintes para que nos contem também as suas experiências e relatos, maiores do que a vida, ou tão simples como ela pode ser.

Podem ainda gravar um áudio comentando os episódios que mais gostaram e as vossas razões.

Enviem-nos os vossos textos e áudios, comentários e sugestões, para: abelezadaspequenascoisas@impresa.pt

Até para a semana, e boas conversas!