Siga-nos

Perfil

Expresso

  • A festa do século foi há 50 anos

    Sociedade

    Ana Soromenho

    Há 50 anos, Portugal, encantado com os milionários e as atrizes na Quinta Patiño, assistia à maior festa do século XX. Nessa noite de setembro, sem o país saber, Salazar dava entrada no Hospital da Cruz Vermelha para ser operado de urgência. Foi o fim de uma era

  • As visões que o Estado Novo silenciou

    Sociedade

    Carlos Alberto diz que viu Nossa Senhora nove vezes. O caso encheu as primeiras páginas de muitos jornais nacionais. O vidente tinha 11 anos, foi observado por psiquiatras, esteve na casa do diretor da cadeia de Alcoentre e foi inquirido por autoridades civis e religiosas. A censura proibiu a circulação de um livro que relata o sucedido e a PIDE abriu um processo, pouco depois de Portugal ter perdido um enclave do império colonial na então Índia portuguesa. A primeira visão foi a 16 de maio de 1954. Para assinalar os 64 anos desta visão, o Expresso republica esta reportagem multimédia sobre um culto que está vivo e todos os meses leva uma romaria de crentes à Asseiceira

  • Eduardo Gageiro: “Tenho pena de não ter fotografado Salazar a cair da cadeira. No caixão ele parecia um abutre”

    Podcasts

    Chamam-lhe o “fotógrafo do povo e da revolução”. Ele confessa-se “um homem de coragem por trás de uma máquina”. Aos 82 anos, Eduardo Gageiro conta a sua história e as histórias do país que documenta desde os 12 anos, quando tomou de empréstimo uma máquina de plástico do irmão. Numa época em que ser fotógrafo de jornais era tantas vezes ser um mero “bate-chapas” do sistema, Gageiro arriscou ir além: revelou o Portugal a preto e branco de Salazar, a tragédia das cheias de 1967 (que aconteceu há 50 anos), esteve na linha da frente do 25 de Abril, registou o atentado nos Jogos Olímpicos de Munique, em 1972, ou as glórias de Eusébio e Amália. Nesta conversa, Gageiro faz contas à vida, à doença e à solidão, assume um certo mau feitio, mas assegura que “nunca foi mau para ninguém” e espera “durar mais dois anitos” para ver a inauguração da sua Casa da Imagem. Para ouvir neste episódio do podcast “A Beleza das Pequenas Coisas”

  • Marcelo visita a terra da família de Marcello

    Política

    Manuela Goucha Soares

    Marcelo Rebelo de Sousa preside este sábado em Alvares, à sessão de entrega de uma doação de 60 mil euros para apoiar a reflorestação da zona que ardeu no incêndio de Góis. Acresce dizer que a família de Marcello Caetano, último chefe de Governo da ditadura era dessa freguesia.... e que Marcello foi padrinho de casamento dos pais de Marcelo

  • As visões que o Estado Novo silenciou

    Multimédia Expresso

    Carlos Alberto diz que viu Nossa Senhora nove vezes. O caso encheu as primeiras páginas de muitos jornais nacionais em 1954. O vidente tinha 11 anos, foi observado por psiquiatras, esteve na casa do diretor da cadeia de Alcoentre e foi inquirido por autoridades civis e religiosas. A censura proibiu a circulação de um livro que relata o sucedido e a PIDE abriu um processo, pouco depois de Portugal ter perdido um enclave do império colonial na então Índia portuguesa. O culto continua, 63 anos depois

  • Uma refeição explosiva

    Política

    Henrique Monteiro

    Soares, após a morte de Delgado, recusou outra pessoa para a liderança da oposição democrática que não fosse ele. E ganhou essa guerra. É a primeira de cinco histórias sobre a vida de Mário Soares que publicaremos esta semana

  • Uma refeição explosiva

    Diário

    Henrique Monteiro

    Soares, após a morte de Delgado, recusou outra pessoa para a liderança da oposição democrática que não fosse ele. E ganhou essa guerra. É a primeira de cinco histórias sobre a vida de Mário Soares que publicaremos esta semana