Siga-nos

Perfil

Expresso

Está Dito

“Querem guerra. Eu compro!”

Bruno de Carvalho

Menos de um dia depois de ter sido destituído pelos sócios em Assembleia Geral e poucas horas após ter garantido que iria deixar de ser sócio e adepto do Sporting, o destituído líder do Sporting Clube de Portugal (SCP), anunciou a dupla intenção de, “como sócio”, impugnar a AG e de se recandidatar à presidência do clube nas eleições de 8 de Setembro. Público online, 25/06/2018