Siga-nos

Perfil

Expresso

Um muro que persiste

É possível alcançar compromissos quando as partes não estão disponíveis para abdicarem da sua posição inicial? Não. A política portuguesa dos últimos dois anos e meio está, aliás, aí para mostrar as vantagens para o próprio regime de se trocarem posições irredutíveis por entendimentos. Mas a política portuguesa das últimas semanas também está aí para mostrar que a irredutibilidade também continua a ser uma marca do regime, à esquerda.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito para Assinantes ou basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso, pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)