Siga-nos

Perfil

Expresso

Uma polémica tola: os 'Maias' no ensino secundário

Os meus amigos aconselharam-me a não me imiscuir na polémica desencadeada pelo facto de a leitura de Os Maias ter deixado de ser obrigatória na disciplina de Português do 11º ano do Ensino Secundário, mas, após ter lido vários artigos sobre o tema, não resisti. Tudo quanto se escreveu oblitera um facto essencial: mesmo quando a obra era de leitura obrigatória, a esmagadora maioria dos alunos nunca se deu ao trabalho de a ler de ponta a ponta. Isto porque os docentes eram obrigados – por via dos exames – a organizar as aulas segundo as parolices retóricas do último figurino parisiense. Os professores até podiam – conheço alguns – admirar Eça de Queiroz. Muitos desejariam transmitir aos alunos a vontade de ler Os Maias, mas estavam conscientes de que, caso o fizessem, os prejudicariam.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito para Assinantes ou basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso, pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)