Siga-nos

Perfil

Expresso

Manuela Ferreira Leite

Desemprego

Os últimos dados relativos à evolução da taxa de desemprego em Portugal indiciam que esta se vai manter a níveis elevados durante muito tempo. Com efeito, o emergir da actual concorrência global tem desfeito sectores tradicionais e exige o aparecimento de empresas inovadoras e de trabalhadores com qualificações mais elevadas do que as existentes.

Ora, estes dados mostram que a oferta de emprego só tem aumentado em áreas que requerem menos qualificações, tais como empregadas domésticas ou trabalhadores de ONG e não nos sectores de alta tecnologia.

Assim, só por leviandade se pode ter aplaudido algumas recentes variações positivas na taxa de desemprego, como se elas significassem uma alteração no tecido empresarial. Mas também é preocupante que existam vozes que assentam a sua esperança em projectos de investimento que absorvam muita mão-de-obra, tais como o comboio de alta velocidade ou um aeroporto. Melhoraria certamente as estatísticas, mas não é sintoma de novo modelo económico.