Siga-nos

Perfil

Expresso

O voto é uma arma

Um dos grandes acontecimentos do nosso tempo é a conversão de partidos, grupos e grupelhos revolucionários à democracia eleitoral (não confundir com democracia liberal). Cansados de esperar pelo estertor do capitalismo e pela revolta das massas contra a ordem burguesa trocaram a revolução pelas urnas e as armas pelos votos. A via eleitoral passou a ser a nova forma de instaurar a “democracia popular”, ou seja, um nova forma de ditadura.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito para Assinantes ou basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso, pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)