Siga-nos

Perfil

Expresso

A semana

A semana, por Martim Silva

Martim Silva (www.expresso.pt)

Portucale O chamado caso dos sobreiros chega finalmente a julgamento. Com 11 arguidos, incluindo quatro funcionários do CDS e o ex-dirigente centrista Abel Pinheiro.

Impostos As novas tabelas de imposto já estão publicadas desde a semana passada. Mas o debate do apertão fiscal do Governo só foi agora no Parlamento. A lei já vale... mas a lei ainda não existe!

Presidenciais Quase como quem tem de tomar uma pastilha de óleo de fígado de bacalhau, o PS decidiu apoiar a candidatura presidencial de Alegre. Esta não é a primeira vez que os socialistas se dividem em matéria presidencial. E Soares já deixou claro que não se vai conformar.

Vivo Continua a guerra PT/Telefónica pelo controlo do activo mais rentável da operadora nacional. Os espanhóis sobem a parada e colocam a empresa de Zeinal Bava numa situação difícil.

Metro A empresa do Metro do Porto, a mais recente empresa pública de transportes em Portugal, já está em situação de falência técnica, disse esta semana o Tribunal de Contas.

Juros As prestações da casa começam a ficar novamente mais caras, com a subida da euribor para os valores mais altos do ano. Depois de dois anos em queda, nova má notícia para muitos portugueses.

Futebol A uma semana do início do Mundial, jogadores e treinadores protestam contra a "Jabulani", a bola com que vão ser jogadas as partidas da competição.

Porto Desde Mourinho que a busca de um treinador se tornou a procura da quimera do novo Mourinho. Agora é a vez de André Villas-Boas, o mais jovem treinador de sempre à frente do F.C. Porto.

Apito Dourado Absolvição dos envolvidos no escândalo de arbitragem. A montanha pariu um rato, como tantas e tantas vezes em Portugal.

Escolas Depois de fechar todas as que tinham menos de dez alunos, agora o Governo sobe a parada e anuncia o encerramento das que têm menos de vinte estudantes. Cresce a contestação. São 900 escolas nesta situação.

243 postos de trabalho perdidos em cada um dos 365 dias do ano, em 2009, em Portugal. A taxa de desemprego por cá já vai nos 10,8% 69 milhões é a conta que a BP tem de pagar pela ajuda americana no caso do derrame ao largo do golfo do México

"O secretário-geral do PS decidiu apoiar a candidatura de Alegre. Julgo que Sócrates cometeu um erro grave, que porventura lhe poderá ser fatal e ao PS" Mário Soares, fundador do PS "O princípio da retroactividade protegido na Constituição não é um princípio absoluto que se sobreponha ao bem público" Teixeira dos Santos, ministro das Finanças "Sócrates, independentemente do resultado, já perdeu as presidenciais. Perde, quer seja Cavaco quer seja Alegre a ganhar" Pedro Adão e Silva, sociólogo, ex-dirigente do PS

Texto publicado na edição do Expresso de 5 de Junho de 2010