Siga-nos

Perfil

Expresso

Pim Pam Pum, não vai sobrar um

A recente história empresarial portuguesa é triste. É claro que temos ótimos exemplos de empresários que criaram boas empresas e grandes grupos. Mas, desde que António Champalimaud decidiu que vender era o único caminho, parece que estávamos destinados a perder todas as nossas empresas para o capital estrangeiro. Os economistas dizem que tem de ser, devido ao défice externo que fomos acumulando ao longo de muitos anos, e que por isso estava escrito nas estrelas a entrada de capital estrangeiro e a venda das nossas empresas.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)