Siga-nos

Perfil

Expresso

Joviana Benedito

Nicknames (nick's) II

Ciberadultério

- Trabalhaste muito ontem, não dei conta de te deitares.

- Pois foi.

- Mas esse trabalho já dura há duas semanas ou mais...

- E ainda vai demorar.

Depois de o marido sair, Túlia fez uma pesquisa algo demorada no computador e saiu.

Dirigiu-se ao escritório de um amigo advogado. Caiu nos braços dele a chorar e a dizer que o Miko cometia ciberadultério. Contou os pormenores. Há já algum tempo que ele ficava no PC até altas horas da noite. Achando estranho, levantou-se e foi espiar. Lá estava ele sentado no sofá, descomposto, fixo nas imagens e todo entusiasmado, e ela, a sua rival, nua no ecrã inteiro da TV, em contorções e gemidos excitantes. Espreitou uma, duas, três, quatro noites e deu sempre de frente com cenas eróticas.

- Estou casada com um ciberdependente sexual. Não aguento isto. Quero o divórcio.

- Tens que agir com calma.

- Mas eu já trago as provas, apanhei-lhe e-mails dele e dela, fotos e conversas gravadas no MSN. Ela tem o nick de Afrodite.

- Nada disso faz prova em processo porque é muito difícil, senão impossível, provar se os e-mails são deles e acima de tudo a tua inimiga não tem identidade no mundo real. Afrodite é um nick para viver uma vida virtual. Como não tens filhos também não podemos ir pelo lado do direito de família acusando-o de conduta desonrosa. Creio que ainda gostas do Miko, por isso não te precipites, leva as coisas com inteligência. Confio na tua perspicácia. Vai lá e depois dá-me notícias.

Miko continuava a passar as noites na Internet e Túlia espreitava sempre um bocado e depois saía. Mas ele ou não dava por isso ou nem se importava, tão entretido estava nos seus jogos amorosos.

Uma noite Túlia entrou no quarto quando Miko estava a deitar-se. Ela despiu o roupão e exibiu uma lingerie sedutora e provocante.

- Não te conhecia essa roupa tão ousada.

- Não te tens deitado comigo!

- É verdade, o meu trabalho. Mas deixa-me olhar bem para ti. Gosto dessa lingerie, deixa-me louco, já a vi em algum lado, nalguma montra com certeza.

Miko abraçou fortemente Túlia e começou a acariciá-la. Ela entrou no jogo e passaram bons e compensadores momentos.

No dia seguinte, à noite, quando Miko se sentou ao computador viu um envelope em cima da mesa. Abriu-o e viu cópias de conversas, dos e-mails e fotos da Afrodite vestida com a lingerie de que ele gostava e que Túlia imitou. Quando tinha tudo isto espalhado sobre a mesa ela entrou. Olharam-se profundamente mas ela saiu a correr. Miko seguiu-a nesta e em todas as noites posteriores.

Joviana Benedito

Profª. aposentada do Ensino Sec. e autora