Siga-nos

Perfil

Expresso

Altos e baixos - Primeiro Caderno

De D. Carlos Azevedo a Jardim Gonçalves

Martim Silva (www.expresso.pt)

Altos...

D. Carlos Azevedo, bispo auxiliar de Lisboa É o grande responsável pela organização da primeira visita do Papa Bento XVI a Portugal. E o presidente da Comissão Episcopal da Pastoral Social tem razões para estar satisfeito: a visita suplantou as expectativas, com realce para a grande adesão popular em Lisboa, Fátima e Porto.

...e baixos

Carlos Queiroz, seleccionador nacional de futebol Escolher 23 jogadores para o Mundial é tarefa que à partida tem polémica garantida. Mas a forma como (não) explicou a chamada de seis defesas centrais levanta muitas dúvidas. A selecção chega à África do Sul sem grande estado de graça. O melhor é sonhar com um Cristiano Ronaldo a roçar a perfeição.

José Sócrates, primeiro-ministro A culpa pode ser da Grécia (uns malandros), da investida especuladora (uns gananciosos), do garrote de Bruxelas (uns tecnocratas insensíveis). Mas quem fica com o ónus de um dos maiores apertões fiscais de que há memória em Portugal é o chefe do Governo. Ainda para mais, contrariando tudo o que vinha a dizer e a prometer.

Jardim Gonçalves, ex-presidente do BCP Já foi considerado o maior banqueiro do país. Esta semana foi condenado pelo Banco de Portugal a pagar €1 milhão e ainda ficou inibido de ocupar cargos no sector financeiro durante nove anos.

Texto publicado na edição do Expresso de 15 de Maio de 2010