Siga-nos

Perfil

Expresso

Altos e baixos - Primeiro Caderno

De Carvalho da Silva a Paulo Portas

João Garcia (www.expresso.pt)

Altos...

Carvalho da Silva, secretário-geral da CGTP Dir-se-á que, nos tempos que correm, é fácil mobilizar 200 ou 300 mil descontentes. Não é. A central sindical sabe sentir o pulso à sociedade e mantém a capacidade de mobilização.

Carlos Queiroz, seleccionador nacional Uma vitória num jogo de treino não será grande feito, mas sempre anima. Com os 3-1 aos Camarões e, principalmente, com a exibição, o ambiente em torno da selecção ganhou calor. Haverá mais encanto na hora da partida.

...e baixos

Mário Soares, fundador do PS Ainda não explicou o que lhe dá alento para a cruzada que lidera contra Manuel Alegre. Que leva Soares a dizer que Sócrates "cometeu um erro grave", que poderá ser "fatal" para o PS? Motivos de ordem pessoal e o desejo de vingança não podem servir para justificar tão grande antagonismo do estadista.

Paulo Portas, líder do CDS Um ex-dirigente dos centristas e quatro funcionários do partido vão a julgamento num processo que envolve abate de sobreiros, tráfico de influências sobre um ministro centrista e falsificação da contabilidade do CDS. É verdade que não há figuras de primeira linha entre os acusados no caso Portucale, mas os episódios com recibos passados a nomes obviamente falsos vão voltar a animar o anedotário nacional.

Texto publicado na edição do Expresso de 5 de Junho de 2010