Siga-nos

Perfil

Expresso

Altos e baixos - Primeiro Caderno

De António Barreto a Vieira da Silva

João Garcia (www.expresso.pt)

Altos...

António Barreto, presidente da Comissão do 10 de Junho Promoveu uma homenagem a todos os ex-combatentes por Portugal, independentemente do conflito em que se bateram. Uma iniciativa louvável, sobretudo vinda de um refractário à Guerra Colonial.

Helena André, ministra do Trabalho e da Solidariedade Soube-se esta semana que o Ministério arrecadou mais de 400 milhões de euros em penhoras efectuadas este ano. Mas se esta operação de cobrança lhe correu bem, mais gratificante deve ter sido assistir ao recuo do comissário europeu que tinha reclamado, do Governo de Lisboa, reformas nas leis laborais e na Segurança Social.

...e baixos

Toni, adjunto de Eriksson Aceitou assessorar o treinador da Costa do Marfim durante o Mundial, o que inclui revelar-lhe o que sabe sobre a selecção portuguesa. Trabalho é trabalho, como costuma dizer-se. Mas poderá ter de pagar em popularidade o que vai cobrar em honorários nesta ingrata tarefa aceite em cima da hora.

Vieira da Silva, ministro da Economia O apelo de Cavaco Silva a que os portugueses façam "turismo no seu próprio país" soa a despropositado, mas a reacção de Vieira da Silva, talvez por ter sido apanhado no estrangeiro, foi de enorme descortesia. O ministro pode discordar das opiniões do Presidente, mas não deve fazer votos para que passem despercebidas.

Texto publicado na edição do Expresso de 12 de Junho de 2010