Siga-nos

Perfil

Expresso

Dylan by Fairport

As raízes da árvore do folk rock são emaranhadas mas não demasiado difíceis de identificar. Cinco dias antes de, a 20 de janeiro de 1965, os Byrds entrarem nos estúdios da Columbia, em Hollywood, para gravarem a versão eletrificada de ‘Mr. Tambourine Man’, de Bob Dylan (que chegaria ao topo da tabela da “Billboard”), este concluía as sessões de estúdio para o quinto álbum, “Bringing It All Back Home”. Das 11 faixas, as sete primeiras do lado A eram acompanhadas por uma banda rock eficaz mas razoavelmente anónima — excetue-se o baixista William E. Lee apenas por ser o pai de Spike Lee — e as do lado B, em registo acústico. O tremendo alarme dos integristas folk perante a ‘traição’ concretizada em ‘Subterranean Homesick Blues’ ou ‘Maggie’s Farm’ ficaria, para toda a eternidade, arquivado na gaveta silly da História.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para descarregar as edições para leitura offline)