Siga-nos

Perfil

Expresso

Ingleses livres

Durante a guerra civil inglesa do século XVII (1642–1651), os Levellers eram perigosos radicais. Exigiam coisas impensáveis, como a soberania popular, o sufrágio alargado, a igualdade perante a lei e a tolerância religiosa (quando, fiéis a velhos hábitos, os cristãos — católicos e protestantes — se matavam alegremente uns aos outros). Não seriam tão extremistas quanto os Diggers, propagandistas da igualdade absoluta — incluindo a igualdade entre homens e mulheres — e pioneiros das preocupações ecológicas, mas o pensamento dos “ingleses livres” John Lilburn, Richard Overton, William Walwyn e Gerrard Winstanley, embora derrotado em 1650, reemergiria com a Revolução Francesa e a Declaração de Independência americana. Bastante depois, em 1988, outros Levellers apareceriam em Brighton.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito para Assinantes ou basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso, pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)