Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Aumentar em dois anos (de 16 para 18) a idade de venda ao público de álcool resolverá o problema do consumo entre os jovens?

Os comerciantes de bebidas alcoólicas estudam neste momento uma proposta aparentemente paradoxal: aumentar em dois anos (de 16 para 18) o limite legal para a compra destas bebidas. A OCDE e a Conferência Europeia de Ministros dos Transportes divulgaram um relatório em que prevê a redução para 0,2 gramas por litro de sangue da taxa máxima para condutores jovens. A ideia é prevenir a morte de jovens nas estradas, pois o excesso de álcool é a maior causa de óbitos de pessoas entre os 15 e os 24 anos nos países industriais.