Siga-nos

Perfil

Expresso

Gente

Os gostos de António Nogueira Leite

O economista do PSD não passa sem dormir a sesta aos sábados, gosta de se refugiar na praia da Barra e admira Churchill e o Infante D. Henrique

Luísa Amaral (www.expresso.pt)

Cidade de que mais gosta Nova Iorque.

A melhor paisagem que viu na vida O Grande Canyon.

Filme inesquecível "Há Lodo no Cais", do grande Elia Kazan.

Música ou intérprete preferido(s) Modest Mussorgsky, Igor Stravinsky.

Personalidade que mais admira Winston Churchill, pela combinação única de coragem, visão e humor.

Uma data inesquecível O dia em que cheguei pela primeira vez a Chicago, em 14 de Agosto de 1984.

Objeto de estimação Os meus relógios.

Um livro imprescindível "As Origens do Totalitarismo", de Hannah Arendt.

Um livro de culto "A Mensagem", de Fernando Pessoa.

Um livro que o marcou "Teoria do Valor", de Gérard Debreu.

O que anda ler "D. Sebastião", de Antonio Villacorta.

Retiro favorito A praia da Barra, de costas para o caos urbanístico.

Um passatempo Conduzir, incluindo todo-o-terreno.

Um vício Os automóveis.

Um ritual A sesta, curta, ao sábado.

Maior medo Parar de trabalhar.

Um luxo de que não prescinde Viajar para muito longe.

Quem são os seus heróis? Infante D Henrique e D. João II.

(Texto original publicado na Revista Única da edição do Expresso de 26 de Junho de 2010)