Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Estado de catástrofe declarado em Oklahoma

Destruição em Oklahoma

Reuters

Destruição devastadora  assemelha-se a zona de guerra. Número de vítimas já subiu para 91, incluindo pelo menos 20 crianças.

O presidente dos EUA, Barack Obama, declarou esta madrugada o estado de catástrofe em Oaklahoma, onde pelo menos 91 pessoas, incluindo 20 crianças, morreram à passagem de um devastador tornado.

A cidade de Oklahoma, a sul dos EUA, ficou arrasada depois de o tornado ter atingido a região, destruindo bairros residenciais e uma escola, com pelo menos 145 pessoas a serem hospitalizadas, de acordo com a CNN. Um dos hospitais locais ficou mesmo destruído, obrigando a que os feridos fossem levados para outros hospitais da zona.

Sem grande aviso, um violento tornado, com ventos que atingiram os 320 quilómetros por hora de 3,2 quilómetros de diâmetro, semeou a destruição durante 45 minutos num percurso de 12 quilómetros entre Moore e Newcastle, nos arredores da cidade de Oklahoma.

Durante a noite, vários trabalhadores dos serviços de emergência estiveram a tentar encontrar sobreviventes nos escombros, mas ainda há dezenas de pessoas desaparecidas.

O tornado de segunda-feira reproduziu, em parte, o trajeto realizado pelo fenómeno de maio de 1999 que matou 44 pessoas, feriu centenas e destruiu milhares de casas em Moore e no sul da cidade do Oklahoma. Os tornados são frequentes em Oklahoma mas raramente atingem zonas habitadas.

Clique na imagem para aceder à fotogaleria: