Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Coreia do Norte entra em guerra

A Coreia do Norte anunciou ter entrado em "estado de guerra" com a Coreia do Sul, depois de já ter declarado durante o dia que tinha os seus mísseis prontos para atacar.

A Coreia do Norte declarou ter entrado em "estado de guerra" com a Coreia do Sul, segundo a agência estatal norte-coreana.

"A partir de agora, as relações inter-coreanas entraram num estado de guerra e todos os assuntos entre as duas Coreias serão tratados de acordo com o protocolo de guerra", anunciou o governo da Coreia do Norte.

Durante o dia a Coreia do Norte já tinha anunciado que tinha os seus mísseis prontos para atacar os EUA e a Coreia do Sul.

A decisão do líder do país, Kim Jong-un, terá sido tomada durante uma reunião de emergência que serviu para acionar o alerta máximo no país, como retaliação contra os exercícios militares conjuntos dos EUA e da Coreia do Sul.

Já na terça-feira, a Coreia do Norte tinha anunciado que a artilharia e as unidades de mísseis estavam prontas para combate, tendo no dia seguinte cortado as comunicações militares com o sul.

"As autoridades de inteligência sul-coreanas e norte-americanas estão a acompanhar de perto a situação", disse Kim Min-seok, porta-voz do Ministério da Defesa sul-coreano ao jornal "New York Times".