Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Ameaça de atentado na Torre Eiffel

O famoso monumento de Paris foi esta noite evacuado, e criado um perímetro de segurança, após uma ameaça de atentado. 

Anabela Natário, com Lusa

Uma ameaça de bomba obrigou a polícia francesa a evacuar hoje à noite a Torre Eiffel, em Paris, onde se encontravam cerca de 1400 pessoas. A unidade antiterrorismo está a investigar o caso, mas entretanto o monumento já reabriu ao público.

A ameaça foi feita de uma cabina telefónica da região do Val-de-Marne, arredores de Paris, pelas 21h30 (20h30 de Lisboa), para o número de emergência da polícia local.

Segundo o site francês "20 minutes.fr", foram evacuadas do edifício 1400 pessoas, por medida de precaução, e o local foi cercado pelas brigadas especiais da polícia de minas e armadilhas. 

Na capital francesa, é habitual, os monumentos e edifícios públicos serem alvo de ameaças que "são levadas muito a sério", disse fonte policial à AFP.

Uma unidade especial da polícia encarregada de investigar regularmente os monumentos esteve a fazer buscas na torre, mas não terá encontrado nada.

O monumento, que encerra habitualmente às 0h, foi reaberto pelas 22h30, segundo o canal televisivo i-Télé.

A torre, uma estrutura em ferro projetada por Gustave Eiffel e construída por ocasião da Exposição Universal de 1889, no Champ de Mars, no centro de Paris, é o símbolo de França no mundo.

Com 324 metros de altura, contando com a mais alta das 120 antenas emissoras ali colocadas, foi até 1929 o edifício mais alto do planeta. É visitada, anualmente, por sete milhões de pessoas.