Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

43 pessoas morrem num incêndio em Odessa

Manifestantes anti-Kiev foram atacados e presos dentro da Casa dos Sindicatos.

Já não bastava ao Governo interino de Kiev a rebelião pró-russa, no leste do país, agora também tem de lidar com outros focos de violência como o de Odessa, onde já morreram 43 pessoas.

Ontem, manifestantes anti-Kiev foram atacados e presos dentro da Casa dos Sindicatos por membros de um grupo ultra-nacionalista que incendiou o prédio.

Trinta e nove dos manifestantes retidos morreram queimados, sufocados  e houve ainda quem saltasse da janela. Outras 40 pessoas ficaram feridas, incluindo 10 policiais.