Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Autoridades corrigem informação: dois mortos e dezenas de feridos em explosão de padaria em Paris

BENOIT TESSIER

As vítimas mortais são dois bombeiros

Duas pessoas morreram este sábado de manhã após uma explosão numa padaria no 9.º bairro de Paris. Dezenas de pessoas ficaram feridas, informou a Prefeitura de Paris.

Um balanço inicial, feito pelo ministro do Interior francês, dava conta de quatro vítimas mortais. No entanto, o balanço foi retificado: dois bombeiros mortos, diversos feridos em estado muito grave.

Após a explosão, todo o quarteirão parecia uma cena de guerra, devido à destruição provocada pela violenta explosão.

As primeiras informações indicam que o que se passou, cerca das 09h da manhã em Paris (08h em Lisboa), foi um incêndio seguido de uma forte explosão. As autoridades investigam uma fuga de gás na Rue de Trévise como a principal pista para explicar o sinistro.

A explosão destruiu montras das redondezas e vidros de janelas de habitações.

Fonte oficial da secretaria de Estado das Comunidades Portuguesas disse à Lusa que o Consulado de Paris está a monitorizar a situação e não há, até ao momento, informação de portugueses entre as vítimas.

A explosão aconteceu ao início de mais um dia de protestos em Paris do chamado movimento dos 'coletes amarelos', que se teme que pode degenerar em distúrbios.

Em toda a França estão mobilizados cerca de 80 mil polícias e agentes dos serviços de segurança.

Este é o nono sábado de mobilização contra o aumento dos combustíveis, por uma taxação mais justa e contra a queda do poder de compra.
A emblemática Torre Eiffel estará fechada este sábado, tal como uma dezena de museus em Paris, para prevenir qualquer impacto de uma possível manifestação marcada pela violência.

Notícia atualizada às 13h50