Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Canadá detém diretora financeira da Huawei que enfrenta extraditação para os EUA

Jerome Favre/Bloomberg/Getty Images

Porta-voz do Departamento de Justiça, Ian McLeod, disse que Meng Wanzhou foi detida em Vancouver, na Columbia Britânica, no sábado, e adiantou que Meng era procurada para extradição para os EUA.

As autoridades canadianas anunciaram nesta quarta-feira que detiveram a diretora financeira da chinesa Huawei Technologies, que agora enfrenta uma possível extradição para os Estados Unidos da América. O porta-voz do Departamento de Justiça, Ian McLeod, disse que Meng Wanzhou foi detida em Vancouver, na Columbia Britânica, no sábado, e adiantou que Meng era procurada para extradição para os EUA.

McLeod afirmou que havia uma interdição de divulgar informação, pelo que não podia avançar mais detalhes. A interdição foi solicitada por Meng, que tem uma audiência na sexta-feira. O The Wall Street Journal tinha informado no início deste ano que as autoridades dos EUA estavam a investigar se a Huawei tinha violado sanções dirigidas ao Irão.

Meng é também vice-presidente da administração e filha do fundador da empresa, Ren Zhengfei.