Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Inundações repentinas na Jordânia matam sete pessoas e assustam centenas de turistas

PETRA NEWS AGENCY HANDOUT/Lusa

Cerca de duas dezenas de pessoas ficaram feridas e dezenas de outras tiveram de ser retiradas das suas casas em várias localidades do reino, por causa da subida rápida das águas

Inundações repentinas, provocadas por fortes chuvas na Jordânia, provocaram nesta sexta-feira a morte a sete pessoas e forçaram centenas de turistas a procurar terrenos elevados na antiga cidade de Petra, informaram fontes governamentais e a comunicação social.

Cerca de duas dezenas de pessoas ficaram feridas e dezenas de outras tiveram de ser retiradas das suas casas em várias localidades do reino, por causa da subida rápida das águas. Um vídeo amador mostrou uma corrente poderosa de água, precipitando-se através de um desfiladeiro íngreme, através do qual os turistas chegam ao designado Tesouro, a principal atração de Petra, uma antiga plataforma comercial talhada em pedra com tons cor-de-rosa.

As imagens mostram várias centenas de visitantes aglomerados num pedaço de terra em nível elevado, próxima do Tesouro, com guias locais a ajudarem uma mulher a deslocar-se nas águas a subir para uma situação de segurança.

A porta-voz governamental, Jumana Ghuneimat, afirmou que duas dezenas de pessoas ficaram feridas e dezenas de outras foram retiradas de casas em várias localidades do país.
A subida das águas forçou, inclusivamente, o encerramento de uma autoestrada no deserto.

As inundações de hoje ocorreram apenas duas semanas depois de 21 pessoas, na sua maioria estudantes do ensino secundário, terem morrido em resultado de uma inundação repentina próxima na margem jordana do mar Morto. Na ocasião, os ministros da Educação e do Turismo resignaram.

A agência noticiosa estatal Petra citara inicialmente Ghuneimat a dizer que quatro pessoas tinham morrido hoje. Hala Ahbar, um 'site' noticioso ligado aos militares jordanos, mais tarde citou-a, para dizer que o número de mortes tinha subido para sete. A porta-voz adiantou que mais de 3.600 turistas visitaram Petra hoje.