Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Bordéis do futuro poderão funcionar em carros autónomos

Westend61 // Getty Images

Sexo no trânsito? Talvez. Especialistas advertem que o sistema de vigilância dos carros autónomos pode ser desativado permitindo, por exemplo, que os ocupantes pratiquem sexo ou usem drogas em viagem

Os bordéis do futuro poderão funcionar em carros autónomos –pelo menos esta é a expectativa de um grupo de investigadores da Universidade de Surrey e Oxford, que escreveram um artigo sobre este assunto citado pelo jornal “Telegraph”.

“Embora os veículos autónomos sejam provavelmente monitorizados pelo sistema para impedir que os passageiros pratiquem sexo ou usem drogas, e para prevenir a violência, essa vigilância pode ser rapidamente desativada ou removida”, afirmam os especialistas, advertindo para as consequências que esse aspeto pode ter ao nível da segurança.

Segundo o estudo “Veículos autónomos e o futuro do turismo urbano”, os carros sem condutor também deverão ter impacto no sector da hotelaria e dos transportes, uma vez que os turistas podem optar por dormir na viatura em vez de ficarem num hotel ou num hostel.

Além disso, os turistas podem também deixar de fazer os trajetos efetuados pelos autocarros turísticos e preferirem viajar com maior liberdade – gerindo as suas preferências e o seu tempo – em veículos autónomos.