Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Polícia peruana desmantela alegada rede de tráfico de bebés no sul do país

O antigo chefe da polícia nacional, general Rául Becerra, encontra-se entre os detidos. As autoridades suspeitam que Becerra era um cúmplice fundamental no esquema criminoso alegadamente liderado pela sua companheira. Também foram detidos um ginecologista, um pediatra e três mulheres que aliciavam grávidas pobres fingindo oferecer abortos ilegais

As autoridades do Peru afirmam ter desmantelado uma alegada rede de tráfico de bebés na cidade de Arequipa, no sul do país. Entre as 14 pessoas detidas na madrugada de terça-feira encontra-se o antigo chefe da polícia nacional do Peru, general Rául Becerra. Um bebé de cinco meses terá sido resgatado no âmbito da intervenção policial.

Cinco centenas de agentes participaram em operações simultâneas em 18 locais da cidade, a partir das três da madrugada (hora local) de terça-feira. Uma das propriedades alvo de buscas foi a do general Becerra, que a polícia suspeita ser um cúmplice fundamental no esquema criminoso alegadamente liderado pela sua companheira de 32 anos, Cinthia Tello.

Segundo os vizinhos, Tello organizava concursos locais de beleza, entre outros eventos públicos. O general, com 61 anos, reformou-se em 2011.

Rede aliciava grávidas pobres e vendia os bebés com grande margem de lucro

Os investigadores dizem que a rede procurava grávidas pobres que estavam a pensar abortar por não terem condições de criar um filho. A rede oferecia-lhes dinheiro para as convencer a levar a gravidez até ao fim e, em seguida, vendia os bebés com uma enorme margem de lucro.

A polícia está a investigar se os bebés, que eram vendidos por cerca de mil euros, se destinavam a casais estrangeiros interessados em adotar ou a redes de tráfico de órgãos. Um ginecologista e um pediatra também estão entre os presos, além de três mulheres que alegadamente aliciavam grávidas fingindo oferecer abortos ilegais.

Atualmente, o aborto só é permitido no Peru quando a saúde física ou mental da mulher está em risco.