Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Está confirmado. Existem mais duas ‘luas’ em órbita em redor da Terra

NASA/Getty

As duas ‘luas’ são nuvens enormes compostas por poeira, que estão à mesma distância da Terra quanto da Lua

É oficial. Existem mais duas 'luas' na órbita da Terra – são nuvens enormes compostas exclusivamente de poeira. A confirmação foi feita por um grupo de astrónomos e físicos húngaro e publicada recentemente na revista científica Monthly Notices da Royal Astronomical Society.

Os especialistas conseguiram capturar imagens das nuvens a apenas 250 mil milhas de distância da Terra, aproximadamente à mesma distância da lua, refere a National Geographic.

Segundo a equipa, foram precisos vários meses para encontrar noites sem nuvens na Hungria de forma a conseguir avistar as nuvens de poeira de Kordylewski. Os astrónomos tiveram que recorrer a filtros especiais de polarização nas suas câmaras fotográficas de forma a descobrirem a luz refletindo as micro partículas de poeira que se encontram no interior das nuvens.

“As nuvens de Kordylewski são dois dos objetos mais difíceis de serem encontrados e embora estejam tão próximas da Terra quanto a Lua são amplamente negligenciadas pelos astrónomos”, afirma o co-autor do estudo Judit Slíz-Balogh, astrónomo da Universidade Eötvös Loránd.

Na década de 60, um astrónomo polaco já tinha alertado para a existência de 'luas' de poeira, mas a comunidade científica mostrou-se cética. A confirmação recente feita pela equipa húngara tem potencial para influenciar as explorações espaciais futuras.