Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Camiões desaparecem no México com cerca de 80 migrantes que seguiam para os EUA

GUILLERMO ARIAS/GETTY IMAGES

O enviado especial da Comissão Nacional de Direitos Humanos indicou que o desaparecimento dos migrantes pode ter acontecido no município de Isla, no estado de Veracruz, e realçou que já haviam alertado os migrantes e as autoridades de que "o percurso era relativamente complicado em termos de segurança" e implicava riscos face ao crime organizado

Dois camiões desapareceram no México com cerca de 80 migrantes que seguiam em direção aos Estados Unidos, informou esta terça-feira um relatório da Comissão Nacional de Direitos Humanos (CNDH) do país.

"Estão desaparecidos dois camiões, emitimos medidas de precaução para que as pessoas sejam encontradas e a sua integridade seja mantida", disse o enviado especial da CNDH, Edgar Corzo, numa conferência de imprensa.

Edgar Corzo informou que uma pessoa já tinha denunciado a situação do desaparecimento das 80 pessoas a 19 de outubro.

O enviado especial da CNDH indicou que o desaparecimento dos migrantes pode ter acontecido no município de Isla, no estado de Veracruz, e realçou que já haviam alertado os migrantes e as autoridades de que "o percurso era relativamente complicado em termos de segurança" e implicava riscos face ao crime organizado.

Sobre o trabalho que o Governo mexicano e as autoridades estão a fazer perante esta emergência, Corzo afirmou que o México tem-se focado mais na contenção do fenómeno das caravanas migrantes que seguem em direção aos Estados Unidos do que ao nível da assistência humanitária.