Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Pentágono rejeitou plano de Trump para militares construírem centros de detenção junto à fronteira

Getty Images

Esboço do projeto chegou a ser apresentado mas ficou pelo caminho

O Pentágono não viu com bons olhos a intenção apresentada pelo governo de Trump, que pretendia recorrer aos militares para construir instalações de detenção para os imigrantes, no âmbito da nova missão a estabelecer na fronteira com o México, e o projeto terá ficado pelo caminho.

Segundo as autoridades norte-americanas disseram à Reuters, falando sob anonimato, o esboço do pedido foi rejeitado no mês passado, ficando decidido que apenas seria prestado apoio aos funcionários colocados na fronteira.

A divergência reflete a divisão que o tema está a provocar, depois de Trump ter há dias afirmado que pretendia erguer tendas para acomodar os imigrantes chegados na caravana que se aproxima dos Estados Unidos, locais onde ficariam acomodados enquanto Washington analisa os pedidos de asilo.

“Montaremos uma cidade de tendas. Elas serão muito boas e eles esperarão. Se não conseguirem asilo, vão-se embora”, declarou o presidente à Fox News.

A posição de Trump, tomada nas vésperas das eleições intercalares desta terça-feira, foi fortemente criticada, por ser considerada uma manobra política que desrespeita os recursos militares dos EUA.