Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Nova Caledónia rejeita independência e permanece francesa

Os eleitores da Nova Caledónia, território francês no Pacífico, rejeitaram neste domingo em referendo a independência

Novos referendos poderão realizar-se até 2022, mas, de acordo com os resultados das eleições realizadas este domingo, os habitantes da Nova Caledónia preferem continuar franceses a conquistar a independência.

Oitenta por cento dos eleitores compareceram às urnas e, com quase todos os votos já contados, 56,8% rejeitaram a separação de França. A votação estava prometida desde 1998, quando um acordo pôs fim a uma campanha pela independência que chegou a gerar violência no território.

O Presidente francês Emmanuel Macron, disse este domingo que a votação expressa “a confiança na República francesa”. A Nova Caledónia é uma ilha do Pacífico, rica em níquel, um componente essencial para a indústria da electrónica.