Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Empresários britânicos alertam para “Brexit cataclísmico” e pedem segundo referendo

BEN STANSALL/Getty

Mais de meia centena de empresários apelam a uma “última escolha” do eleitorado britânico, depois de o Brexit ter conquistado 51,9% dos votos no referendo de 23 de junho de 2016

Um grupo de mais de 50 empresários britânicos assinaram uma carta em que alertam para as consequências do Brexit e pedem um segundo referendo sobre a saída do Reino Unido da União Europeia (UE).

A missiva – que será divulgada este domingo no jornal “Sunday Times” – adverte para as consequências económicas do Brexit, que na opinião destes líderes pode ser “cataclísmico” e ter “efeitos destrutivos” para a economia do país, avança a Sky News.

É por esse motivo que meia centena de empresários apelam a uma “última escolha” do eleitorado, depois de o Brexit ter conquistado 51,9% dos votos no referendo de 23 de junho de 2016.

Entre os empresários que assinaram esta carta encontram-se James Daunt, diretor executivo da Waterstone, Justin King, ex- presidente executivo da Sainsbury e Sir Mike Rake, ex-presidente do BT Group.

O Reino Unido deverá sair da UE a 29 de março de 2019, mas o país e Bruxelas ainda não chegaram a acordo sobre o Brexit. Contudo, o negociador britânico para o Brexit, Dominic Raab, disse esta semana esperar alcançar um 'bom acordo' até 21 de novembro.