Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

“Pai dos talibãs” morreu esfaqueado na própria casa

ARSHAD ARBAB

Maulana Samiul Haq foi morto em sua casa, na cidade de Rawalpindi. Desconhece-se a identidade do atacante e o móbil do crime

O proeminente clérigo paquistanês Maulana Samiul Haq, conhecido como o "pai dos talibãs", foi morto esta sexta-feira num ataque com arma branca em sua casa, na cidade de Rawalpindi, indicaram a família e a polícia paquistanesa.

O porta-voz do clérigo, Yusaf Shah, referiu que a identidade do atacante e o móbil do crime não são ainda conhecidos.

Haq era o líder da sua fação do partido Jamiat-i-Ulema Islam e o fundador do famoso seminário Haqqania, onde dezenas de dirigentes afegãos receberam a sua educação.

O seminário situa-se na cidade de Akora Khattak, na província Khyber-Pakhtunkhwa, que faz fronteira com o Afeganistão.

A polícia indicou que transportou o corpo do clérigo para o hospital e que está em curso uma investigação.