Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Médico canadiano opera ursinho de peluche a pedido de uma criança de oito anos

O dono do ursinho operado é paciente deste médico desde que nasceu, com um problema de acumulação excessiva de líquido entre entre o crânio e o córtex cerebral

Um médico canadiano foi um pouco além as suas competências e decidiu operar um ursinho de peluche, de quem o seu paciente de oito anos, a quem ele tinha de facto que salvar a vida, não se queria separar.

Sem anestesia, Daniel McNeely, que, como ironiza a BBC, “não tem no currículo registo de qualquer experiência a operar animais de peluche”, acabou por coser um rasgão que o “Little Baby”, assim se chama o brinquedo, tinha debaixo do braço.

O dono do ursinho, Jackson McKie, sofre de hidrocefalia, uma acumulação de líquido cefalorraquidiano, ou cerebrospinal, que ocupa o espaço entre o crânio e o córtex cerebral e que tem de ser drenado se for produzido em demasia. O processo de eliminação é através da inserção de um tubo e é bastante doloroso.

“Como é que podia dizer que não?”, escreveu o médico no Twitter, numa fotografia que foi partilhada milhares de vezes.