Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Paquistão. Tribunal ordena libertação de ex-primeiro-ministro Nawaz Sharif

FAISAL MAHMOOD/REUTERS

Sharif foi destituído do cargo de primeiro-ministro em julho de 2017 por acusações de corrupção

O Supremo Tribunal de Islamabad suspendeu esta quarta-feira as penas de prisão do ex-primeiro-ministro Nawaz Sharif, da filha e do genro, condenados por corrupção, e ordenou a sua libertação até à apreciação do recurso.

Em julho, um tribunal anticorrupção condenou Sharif a 10 anos de prisão, a filha Maryam a sete e o genro Mohammad Safdar a um.

O Tribunal Superior de Islamabad determinou esta quarta-feira que os três poderiam sair em liberdade mediante o pagamento de uma fiança de cerca de meio milhão de rupias (cerca de 3500 euros) cada um.

Sharif foi afastado do cargo de primeiro-ministro em julho de 2017 pelo Supremo Tribunal do Paquistão, por acusações de corrupção, enfrentando vários processos judiciais no país.