Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Todos os norte-americanos vão receber uma mensagem de Donald Trump na quinta-feira: é um teste para emergências nacionais

Robert Nickelsberg/Getty Images

O envio de alertas a dar conta de emergências nacionais é inédito nos Estados Unidos e foi uma medida de Barack Obama, em 2016. Os alertas e o timing do envio serão da responsabilidade do Presidente norte-americano, de Donald Trump

Os telefones de todos os norte-americanos vão tocar e vibrar de maneira diferente na quinta-feira quando a Agência Federal de Gestão de Emergências (FEMA) inaugurar um sistema de alertas associado à Casa Branca. O envio de alertas a dar conta de emergências nacionais, inédito nos Estados Unidos, foi uma medida de Barack Obama, em 2016, conta o “Independent”.

Este novo sistema vai enviar, pelo menos esta quinta-feira, um alerta com o título “Alerta presidencial” e terá uma mensagem associada curta e clara para não haver dúvidas de que se trata de um ensaio. Os alertas e o timing do envio serão da responsabilidade do Presidente norte-americano, Donald Trump.

Os utilizadores não podem retirar a opção de receber o alerta-teste. Após o teste, sim, poderão desativar estes alertas standard que receberão no futuro.

A FEMA, que já enviou mais de 36 mil notificações num sistema de emergência paralelo (ativo desde 2012), já garantiu que os alertas servirão apenas para avisar a população sobre emergências nacionais.