Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Tailândia. Mergulhador insultado pelo patrão da Tesla pede indemnização de 65 mil euros

Mustafa Yalcin/Anadolu Agency/Getty Images

Elon Musk acusou Vernon Unsworth de ser “pedófilo” e “violador de crianças”. Agora, Unsworth avançou com processos na justiça inglesa e galesa e deseja quase 65 mil euros de compensação pelas acusações

O patrão da Tesla está a ser processado por difamação por um dos mergulhadores que esteve na missão de resgate de 12 crianças na gruta tailandesa.

Elon Musk acusou Vernon Unsworth de ser “pedófilo” e “violador de crianças”. Agora, Unsworth avançou com processos na justiça inglesa e galesa e deseja receber quase 65 mil euros de compensação pelas acusações, conta o “Independent”.

A história remonta a julho, por altura do salvamento da equipa de futebol numa gruta em Chiang Rai, no norte da Tailândia. Durante os dias que antecederam o salvamento, Musk chegou a disponibilizar um submarino que, conforme alegou, poderia ser útil no resgate, já que, para trazer as crianças de volta à luz do dia, era necessário percorrer alguns quilómetros debaixo de água no interior dos túneis alagados pelas fortes chuvas que se tinham feito sentir.

Após o sucesso da missão, Unsworth considerou que o mini-submarino não era adequado ao tipo de operação que era necessário realizar. Acrescentou que a iniciativa de Elon Musk era uma "solução que não tinha quaisquer hipóteses de funcionar" e que se tinha resumido a um golpe de marketing, numa altura em que milhões de pessoas em todo o mundo se mantinham atentas ao desenvolvimento do drama dos rapazes e do adulto que estavam isolados, sem água, comida ou luz, no interior da gruta. Chegou a sugerir que Musk “enfiasse o submarino onde dói”.

O empreendedor não gostou dos comentários e, através da rede social Twitter, acusou Unsworth, sem apresentar fundamentos, de ser "pedófilo", mensagens que, posteriormente, apagou.

A 18 de julho, Musk decidiu, finalmente, retractar-se. Através também do Twitter, pediu desculpa ao mergulhador, assim como às empresas em que desempenha cargos de liderança executiva, casos da Tesla e da SpaceX. Unsworth não se deu por satisfeito e chegou a afirmar que estava a ponderar a possibilidade de processar o empresário, possibilidade que agora concretizou finalmente.