Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Tufão Mangkhut. Pelo menos 65 mortos, 64 feridos e mais de 40 desaparecidos nas Filipinas

TED ALJIBE/GETTY

As operações de resgate prosseguem esta segunda-feira, mas as autoridades filipinas temem que o número de vítimas possa superar as 100

Pelo menos 65 pessoas morreram e 64 ficaram feridas nas Filipinas na sequência da passagem do tufão Mangkhut, que atravessa agora a costa sul da China.

De acordo com o último balanço oficial, existem ainda cerca de 40 mineiros que continuam desaparecidos, após terem ficado soterrados na província de Benguet, uma das regiões mais atingidas pela trajetória do tufão.

As operações de resgate prosseguem esta segunda-feira, mas as autoridades temem que o número de vítimas seja superior, podendo ultrapassar 100, segundo o autarca de Benguet, citado pela Reuters.

As chuvas torrenciais e o vento forte provocaram ainda um cenário de destruição, sobretudo nas zonas rurais onde ocorreram vários deslizamentos de terra. Na zona norte, muitas aldeias não têm eletricidade nem comunicações, dificultando o quotidiano das populações.

O Governo das Filipinas ordenou, entretanto, a interrupção dos trabalhos dos mineiros em seis outras províncias, de forma a evitar situações semelhantes, refere a Al-Jazeera.

Com ventos que rondam os 200 km/h, o tufão Mangkhut é já considerado o mais forte a atingir a região desde o início do ano. Nesta altura, o ciclone passou a tempestade tropical e está a atravessar algumas províncias da China, tendo já causado quatro mortos e vários danos materiais.