Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Furacão Florence já provocou quatro vítimas mortais

Michael Candelori/Getty

Equipas de emergência tentam libertar pessoas que ficaram encurraladas no interior de carros e de habitações, apanhadas pelas fortes cheias

Quatro vítimas mortais é o primeiro balanço da chegada a terra do furacão Florence, que atingiu nesta sexta-feira a costa atlântica dos Estados Unidos. Em Wilmington, na Carolina do Norte, uma mulher e o seu filho bebé faleceram na sequência da queda de uma árvore sobre a habitação em que se encontravam. O marido e pai da criança foi transportado para um centro médico para receber tratamento a diversos ferimentos, embora não tenha sido divulgada informação sobre o grau de gravidade do seu estado.

Uma outra pessoa pereceu quando ligava um gerador e as autoridades norte-americanas dão conta, ainda, do caso de uma mulher que sucumbiu sob uma crise cardíaca na localidade de Hampstead. Em New Bern, refere o jornal "New York Times", as equipas de emergência estavam a tentar retirar centenas de habitantes do interior de automóveis, de telhados e de sótãos onde se encontravam encurralados devido à subida das águas do rio Neuse.

O Florence representará ainda uma "grande ameaça" nas próximas 24 a 36 horas, advertiu a Agência Federal das Situações de Emergência norte-americana. Acompanhado de chuvas diluvianas e ventos violentos, o Florence tocou terra no Estado da Carolina do Norte às 7h15 locais (12h15 de Lisboa) desta sexta-feira e já causou enormes inundações, encurralando os habitantes em casa.