Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Governador Cuomo e atriz Cynthia Nixon defrontam-se quinta-feira nas primárias de Nova Iorque

Nicholas Hunt/Getty

Os dois ambicionam o cargo de governador de Nova Iorque e estão em posições desiguais em termos de experiência política: a ser eleito, Andrew Cuomo ocuparia um terceiro mandato, enquanto a atriz Cynthia Nixon concorre pela primeira vez a um cargo político, aspirando ser a primeira mulher a governar o estado

O candidato democrata a governador do estado de Nova Iorque será eleito na quinta-feira, num duelo entre o atual governador, Andrew Cuomo, já no segundo mandato, e a atriz Cynthia Nixon, que seria a primeira mulher no cargo.

Várias sondagens, incluindo a mais recente, cujos resultados foram revelados na segunda-feira, dão vitória fácil a Andrew Cuomo contra Cynthia Nixon nas eleições primárias de quinta-feira.

Os dois ambicionam o cargo de governador de Nova Iorque e estão em posições desiguais em termos de experiência política: a ser eleito, Andrew Cuomo ocuparia um terceiro mandato, enquanto a atriz Cynthia Nixon concorre pela primeira vez a um cargo político, aspirando ser a primeira mulher a governar o estado.

A sondagem do Sienna College, realizada na semana passada, demonstra que Andrew Cuomo está à frente, com 63% das intenções de voto: quase 40 pontos percentuais acima de Cynthia Nixon, que reúne 22%.

Os dois confrontaram-se num debate televisivo a 29 de agosto, no qual Andrew Cuomo, de 60 anos, reforçou a sua popularidade.
Segundo a agência France-Presse, Cuomo, conhecido pela oposição ao Presidente dos EUA, Donald Trump, está a levar a cabo uma campanha de 30 milhões de dólares, enquanto a adversária Nixon rejeitou patrocínios à sua campanha.

Cynthia Nixon, de 52 anos, mãe de três filhos e abertamente bissexual, defensora da educação pública e dos direitos da comunidade LGBT, declara-se "socialista". As redes sociais e o apoio dos fãs são os meios mais fortes de Cynthia Nixon, conhecida pelo papel de Miranda na série "O Sexo e a Cidade", para ganhar apoio nas eleições de quinta-feira.

Andrew Cuomo - há oito anos governador de um Estado de 20 milhões de habitantes e cujo pai, Mario Cuomo, foi governador de Nova Iorque entre 1983 e 1995 - é ainda citado como possível candidato a Presidente dos EUA em 2020, pelo partido democrata.
O candidato conta com o apoio político declarado de Joe Biden, da senadora Kristen Gillibrand e da candidata democrata à presidência dos EUA em 2016, Hillary Clinton, que reuniu a maioria dos votos populares, mas perdeu contra Donald Trump devido ao método eleitoral do país.
Por seu lado, Cynthia Nixon tem o apoio do partido Working Families e da organização de Bernie Sanders, também candidato nas eleições de 2016.

Cynthia Nixon demonstrou o seu apoio a Alexandria Ocasio Cortez, jovem surpresa nas eleições do 14.º distrito de Nova Iorque, que concorre em novembro para o Congresso.

O partido democrata luta pela maioria no Congresso nas eleições gerais de 06 de novembro, para aumentar a oposição ao atual partido no poder, o partido republicano, que levou o magnata Donald Trump à presidência depois de oito anos do mandato democrata de Barack Obama.
As eleições primárias em Nova Iorque realizam-se habitualmente à terça-feira, mas este ano passaram para quinta-feira, 13 de setembro, para não coincidirem com o 17.º aniversário dos ataques de 11 de setembro e com o final da festa judia Rosh Hashanah.