Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Brexit: Michele Barnier diz que cerca de 80% do acordo entre UE e Reino Unido está fechado

Anadolu Agency/Getty

O negociador da União Europeia para o Brexit afirma que será expectável que o acordo com o Reino Unido esteja concluído daqui a seis a oito semanas

O negociador da União Europeia no processo de saída do Reino Unido da União europeia (Brexit), Michel Barnier, afirmou na segunda-feira que o acordo com Londres deverá estar concluído até novembro. Durante uma conferência na cidade Bled, na Eslovénia, o político sublinhou que 80% desse acordo já está fechado, sendo que um dos principais pontos em que falta consenso é a da fronteira entre o território da Irlanda do Norte (que faz parte do Reino Unido) e a República da Irlanda.

“Se formos realistas, podemos alcançar um acordo na primeira etapa das negociações dentro de seis a oito semanas”, declarou Michel Barnier.

Recordando que o calendário prevê que seja alcançado um acordo com a UE antes de o Reino Unido deixar o bloco em março de 2019, Barnier acrescentou que “tendo em consideração o tempo necessário para o processo de ratificação na Câmara dos Comuns, por um lado, e o Parlamento Europeu e o Conselho, por outro, devemos chegar a um acordo antes no início de novembro”.

No final de agosto, o negociador da UE para o Brexit pediu ao Governo de Theresa May para entregar com urgência a sua proposta sobre a fronteira irlandesa, um dos principais entraves ao acordo, uma vez que o bloco europeu insiste para que não exista uma fronteira rígida na Irlanda.

Já no início deste mês, a primeira-ministra britânica revelou que os preparativos para o Brexit estavam a ser intensificados, com vista à obtenção de um “bom acordo para o país”.

No próximo dia 20 de setembro deverá ser feito um balanço das negociações do Brexit na cimeira que terá lugar em Salzburgo, na Áustria. Os termos do acordo deverão ser novamente discutidos na cimeira dos líderes europeus a 18 de outubro, em Bruxelas, antes da cimeira especial sobre a saída do Reino Unido da UE que se realizará a 13 de novembro, segundo o diário britânico “The Guardian”.