Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Eleições regionais correram bem, diz Putin, no dia em que 800 pessoas foram detidas em protestos

Mikhail Svetlov/Getty Images

O Presidente da Rússia afirmou que não houve grandes violações durante as consultas, realizadas nalgumas regiões do país. Entretanto, a polícia russa prendeu centenas de pessoas que protestavam em todo o país contra os planos para aumentar a idade da reforma. Mais de 800 pessoas terão sido detidas e pelo menos 15 espancadas

O Presidente da Rússia, Vladimir Putin, disse esta segunda-feira que as eleições, realizadas na véspera, nalgumas regiões do país, em geral correram bem. Putin afirmou que não houve grandes violações durante a consulta eleitoral e que as segundas voltas da votação, que serão realizadas nalguns locais, são “prática corrente”.

As declarações do chefe de Estado foram feitas durante uma reunião, acompanhada pela televisão, com autoridades governamentais e regionais de Vladivostok, uma cidade localizada no extremo leste da Rússia.

Paralelamente, a polícia russa prendeu este domingo centenas de pessoas que protestavam em todo o país contra os planos para aumentar a idade da reforma. De acordo com o grupo de direitos humanos OVD-Info, mais de 800 pessoas foram detidas e pelo menos 15 foram espancadas. O maior número de detenções foi registado em São Petersburgo, com um total de 354 manifestantes detidos, ainda segundo a OVD-Info.

A decisão de Putin de aumentar a idade da reforma desencadeou uma onda de protestos de todo o espectro político. Nas últimas semanas, dezenas de milhares de pessoas saíram às ruas um pouco por todo o país.