Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Trump ameaça excluir Canadá da nova versão do NAFTA

reuters

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, defendeu este sábado que não existe uma "necessidade política" de incluir o Canadá na nova versão do Tratado de Livre Comércio da América do Norte (NAFTA)

A declaração de Trump surge dias depois de Washington ter conseguido alcançar um novo acordo comercial com o México, o outro signatário do NAFTA. "Não há necessidade política de manter o Canadá no novo acordo do NAFTA. Se não fizermos um acordo justo para os Estados Unidos, depois de uma década de abuso, o Canadá estará fora", disse Trump, numa mensagem publicada na rede social Twitter, citada pelas agências internacionais.

Os Estados Unidos e o México alcançaram no passado dia 27 de agosto um novo acordo comercial para rever o NAFTA. Trump afirmou que esperava que o Canadá também aderisse à revisão do NAFTA, mas também admitiu que estava disposto a seguir apenas com um acordo bilateral com o México.

Na sexta-feira, a ministra dos Negócios Estrangeiros do Canadá, Chrystia Freeland, e o representante do Comércio Exterior norte-americano, Robert Lighthizer, informaram que não tinham alcançado um acordo, mas que existiria uma nova ronda de conversações na próxima quarta-feira.

"As conversações foram construtivas e fizemos progressos (...). A nossa equipa irá encontrar-se com a ministra [Chrystia] Freeland e os seus parceiros na quarta-feira da próxima semana", informou Lighthizer.

Desde que chegou à Casa Branca, em janeiro de 2017, Trump caracterizou o NAFTA, protocolo firmado em 1994, como um acordo "desastroso" para os Estados Unidos.