Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

O capitão que quer mandar no Brasil

Num comício em Curitiba, 
Bolsonaro mostra o “mito toy”, 
um boneco de si próprio com a faixa presidencial e uma metralhadora


FOTO Rodolfo Buhrer/Reuters

Eleições. Na próxima quarta-feira, são formalizadas as 14 candidaturas presidenciais. Será que o outsider de extrema-direita chega à segunda volta?

Desbocado, racista, homofóbico, adepto de uma intervenção militar, Jair Messias Bolsonaro é dado como favorito nas sondagens, com cerca de 20% das intenções voto, num provável cenário eleitoral que não contará com a participação de Lula da Silva.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI