Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Síria. ONU diz que destruição da guerra ascende a 345 mil milhões de euros

YASIN AKGUL/Getty

Mais de metade da população síria que existia antes do início do conflito fugiu do país ou foi deslocada nos últimos sete anos, enquanto se apontam mais de 350.000 mortos no mesmo período

A guerra que tem devastado a Síria e que já entrou no oitavo ano implicou destruições que a ONU avaliou em cerca de 400 mil milhões de dólares (345 mil milhões de euros).

Esta estimativa foi divulgada após uma reunião em Beirute de mais de 50 peritos sírios e internacionais num encontro da Comissão Económica e Social das Nações Unidas para a Ásia Ocidental (CESAO).

Estes números não incluem "as perdas humanas" - pessoas mortas nos combates ou perda de pessoas qualificadas devido aos deslocamentos populacionais -, acrescenta a ONU.

Mais de metade da população síria que existia antes do início do conflito fugiu do país ou foi deslocada nos últimos sete anos, enquanto se apontam 350.000 mortos no mesmo período.

A guerra foi desencadeada em março de 2011 após a repressão pelo regime de Bashar al-Assad de manifestações que exigiam reformas democráticas. A situação complicou-se muito rapidamente com a entrada em cena de potências internacionais, movimentos estrangeiros e grupos 'jihadistas'.

A intervenção militar da Rússia em 2015 permitiu ao regime sírio garantir decisivas vitórias militares face aos rebeldes e 'jihadistas'.
Segundo a CESAO, um relatório completo sobre o impacto destes sete anos de guerra deverá ser divulgado em setembro.