Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Jato espanhol dispara (sem querer) míssil sobre a Estónia

JIJI PRESS

Míssil carregava 10 quilos de explosivos

O ministério da Defesa espanhol já está a investigar o estranho caso. Na terça-feira à tarde, um jato militar espanhol, num treino da NATO, disparou sem querer um míssil sobre a Estónia que, apesar do susto, não provocou qualquer dano. O míssil estava programado para se autodestruir e explodiu por cima de uma área despovoada no sudoeste do país, em Tartu, uma zona previamente destinada aos treinos da NATO.

“Um Eurofighter espanhol, atualmente parte da força presente na Lituânia, disparou acidentalmente um míssil que não causou qualquer dano, nem atingiu nenhum outro avião. No entanto, abrimos uma investigação para entender as causas exatas do acidente”, disse o ministério da Defesa espanhol em comunicado.

A BBC escreve que o míssil carregava 10 quilos de explosivos e que, na altura do incidente, dois jatos espanhóis e dois franceses estavam envolvidos em exercícios militares no âmbito na Missão de Policiamento Aéreo da NATO na zona dos Bálticos.

O primeiro-ministro da Estónia, Juri Ratas, descreveu o incidente como “perturbador” e “bastante lamentável”, num texto no Facebook. “É um caso bastante sério e estamos muito preocupados. Graças a Deus ninguém se magoou neste incidente”, disse.