Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Vandalizada uma das esculturas da fachada da catedral de Santiago de Compostela

Uma das figuras da fachada sul apareceu na segunda-feira riscada com uns bigodes e olhos de gato, ao estilo das pinturas do grupo Kiss. Polícia procura o autor ou autores do ato de vandalismo

A catedral de Santiago de Compostela apareceu pintada esta segunda-feira, com traços a azul, ao género da maquilhagem usada pelo grupo norte-americano de rock, Kiss.

A estátua de mármore em causa, esculpida na zona baixa do lado direito da fachada, tem agora uns bigodes e olhos de gato, assim como a própria palavra ‘Kiss’ inscrita numa das mãos.

Desconhecendo-se o autor do que já foi descrito como uma “barbárie ao património”, tanto os responsáveis pelo monumento como o presidente da Câmara da cidade já solicitaram à polícia que abra uma investigação. Um dos primeiros passos será o visionamento das gravações das câmaras de segurança posicionadas na zona, em busca de pistas.

A polícia recorreu também ao Twitter, para pedir ajuda, solicitando a colaboração de eventuais testemunhas. Pelo ato de vandalismo cultural, o culpado ou culpados arriscam uma coima entre os 6000 e os 150.000 euros.

Outra das prioridades é limpar a escultura, pelo que os técnicos da Direção Geral de Patrimonio da Galiza estão a avaliar qual o procedimento adequado. Eventualmente, a limpeza e restauro passará por usar uma máquina de raios laser.

Também conhecida como fachada das Pratarias, esta é a única da catedral com estilo românico. Foi construída entre 1103 e 1117.