Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Migrações. Bruxelas mobiliza mais três milhões de euros para Espanha

JON NAZCA/REUTERS

Desde julho, a Comissão Europeia já mobilizou cerca de 32 milhões de euros de fundos de emergência para ajudar Espanha a enfrentar os desafios migratórios

A Comissão Europeia anunciou esta sexta-feira que mobilizou três milhões de euros adicionais de assistência de emergência para ajudar Espanha a responder ao incremento da pressão migratória no país.

De acordo com o executivo comunitário, a verba, canalizada ao abrigo do Fundo para a Segurança Interna, será destinada a suportar os custos do reforço de elementos da Guarda Civil espanhola nas fronteiras do sul do país.

Desde julho, a Comissão Europeia já mobilizou cerca de 32 milhões de euros de fundos de emergência para ajudar Espanha a enfrentar os desafios migratórios.

Na segunda-feira, Bruxelas confirmou estar a avaliar o pedido de ajuda de emergência adicional feito por Espanha, na sequência da entrada em Ceuta de 602 imigrantes da África subsariana na quinta-feira da semana passada.

Um dia depois, numa carta endereçada ao primeiro-ministro, Pedro Sánchez, o presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, reconheceu a necessidade de agir "mais e com maior rapidez" para fazer face à crise migratória.

O comissário europeu das Migrações e Assuntos Internos, Dimitris Avramopulos, está hoje em Espanha para se encontrar com representantes do Governo espanhol, numa reunião na qual será abordado o incremento da chegada de migrantes ao país.

O número de imigrantes resgatados pelas autoridades espanholas nesta zona até finais de julho (22.092 pessoas) já supera o total do ano passado.

Espanha é o país comunitário que mais migrantes recebeu este ano, superando Itália (18.130) e Grécia (15.528), segundo dados da Organização Internacional das Migrações.