Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Incêndios ameaçam dez mil habitações no norte da Califórnia

Terray Sylvester/Getty

Dois incêndios entre os condados de Mendocino e Lake já destruíram sete habitações ao longo de 300 quilómetros quadrados de área rural

Dois incêndios florestais de grandes proporções ameaçavam nesta terça-feira cerca de 10.000 habitações no norte do Estado norte-americano da Califórnia, representando mais uma frente na batalha contra as chamas que têm devastado algumas das áreas mais belas do Estado. Os dois incêndios entre os condados de Mendocino e Lake já destruíram sete habitações ao longo de 300 quilómetros quadrados de área rural.

As corporações de bombeiros conseguiram deter a propagação das chamas de um dos incêndios a áreas povoadas, tendo, em vez disso, o fogo avançado para a Floresta Nacional de Mendocino.

A cerca de 160 quilómetros a norte, o chamado incêndio Carr, que já consumiu mais de 880 casas e matou seis pessoas, tornou-se o nono incêndio florestal mais destrutivo da história da Califórnia, disse um porta-voz do Departamento de Silvicultura e Proteção contra os Incêndios daquele Estado, Scott McLean.

No condado de Lake, as ordens de evacuação emitidas pelas autoridades locais para a cidade de Lakeport e outras localidades mais pequenas abrangeram, no total, cerca de 15.000 pessoas. Mais a norte, a polícia indicou que foram detidas cinco pessoas suspeitas de terem entrado em áreas evacuadas devido ao enorme incêndio em torno de Redding, que matou dois bombeiros e quatro civis, entre os quais duas crianças, destruindo também 311 edifícios e danificando 165 habitações, segundo McLean.

Mais de 27.000 pessoas continuam sem poder regressar a casa, embora outras 10.000 tenham sido autorizadas a regressar na segunda-feira, depois de as corporações de bombeiros terem reforçado fileiras no extremo oeste do incêndio Carr. Cerca de 12.000 operacionais combatem agora as chamas, das quais só 23% estão controladas, de acordo com responsáveis dos bombeiros.

Ao todo, há 17 incêndios em curso no território californiano, onde bombeiros de outros dez Estados ajudam no combate, sendo esperado esta semana o envio de meios de mais seis Estados norte-americanos para a Califórnia.